DA PELE PRA DENTRO UMA JORNADA DO IMPLANTE AO EXPLANTE DE SILICONE

Aqui, eu conto um pouco da minha jornada, do implante do explante da prótese de silicone:




Em formato de resumo:

DECISÃO DO IMPLANTE:

O quê eu pensava sobre colocar mulheres com prótese de silicone: poderosa, decidida, confiante, status, dona de si.

Não tinha preocupações relacionada com a saúde ou até então nunca tinha ouvido falar sobre impactos negativos da prótese de silicone

Muitas amigas fizeram na mesma época, me sentia segura por isso


IMPLANTE: O PÓS-CIRÚRGICO:

Acordei com 150 ml (em cada mama) a mais do que havia previamente acordado com o cirurgião

Acordei sem a minha pinta de estimação (entre mamas) pq o médico cauterizou dizendo que não havia harmonizado com o silicone

Senti muita falta de ar

Senti um peso muito grande, sensação que as próteses sairiam rolando de dentro de mim

ARREPENDIMENTO: a minha vontade era pedir para voltar para o centro cirúrgico e reverter a cirurgia, porém eu não tinha forças emocionais e nem financeiras para tal decisão


EM 6 MESES PÓS-IMPLANTE

Dificuldade de respirar

Mamas muito inchadas e com retenção de líquidos e muita febre local nos 2 primeiros meses

Dor na mama direita com 40 dias de cirurgia

Dificuldade para dormir

Dificuldade para dormir de bruço

Impossível de retornar às atividades físicas

Os relatos na consulta pós-implante sobre os desconfortos eram considerados "coisa da minha cabeça" pelo cirurgião que me atendeu na época.


MULHERES COM PRÓTESE DE SILICONE SOFREM

Perguntas vindas de homens: Quantos ML de silicone você tem?

TOP nunca mais: tentei usar por algumas vezes top e blusas com decote e me desestimulei pela quantidade de assédio e coisas escrotas que ouvi

Preconceito em rede social: Postagem com frases: O tamanho da carência de uma mulher pode ser medida pelo tamanho de seu decote. Pasmem: mulheres, também, postavam isso.


SINTOMAS COM AS PRÓTESES

Alergias: iniciaram com esmalte

Depois shampoos, hidratantes e perfumes

Dores no corpo que corriam

Diagnóstico de fibromialgia (não quis fazer o tratamento)

Sequências de machucaduras musculares

Névoa ocular sem causa clínica

Dores intensas na região cervical, escápula e dorso.

Desvio postural: fechamento acentuado do peito e ombros

Intolerâncias alimentares: Glúten e Lactose

Sintomas de bronquite - investigado por um especialista, mas não confirmado

Cólicas menstruais intensas que limitavam minhas atividades - suspeita de endometriose descartada por exames - tomei PONSTAM de 2015 até fev/2020 todos os ciclos menstruais, pois as cólicas eram limitantes, às vezes!

Síndrome do Intestino irritável

Dores intensas nas mamas ao ponto de eu não conseguir me aproximar de um abraço, nem com o meu marido.

Diagnóstico de mastite: segundo o médico desse dia - por falta de filhos!!!

Apareceu uma bolha na mama: Resultado - a prótese estava dobrada dentro de mim


ATÉ CHEGAR AO EXPLANTE

Sofri muito

Já havia decidido - la no implante - que quando "vencesse a validade" da minha prótese eu retiraria e não colocaria outra, porém..

Em 2018 comecei a saber sobre as doenças do silicone

Primeiro momento: negação

Segundo momento: me identificava com todos os relatos

Mesmo tendo uma vida saudável via minha saúde sendo deteriorada (sem motivo!)

Me conectei com mulheres que estavam relatando seus processos de doença e explante

Procurei por médicas que não me apoiavam na decisão: "Pelo menos 150ml pra você não se sentir mutilada depois!"

Descobri que emocionalmente as próteses eram uma defesa da aproximação emocional dentro dos meus relacionamentos interpessoais

Sofri muito, mas me fortaleci ao mesmo tempo, rezei muito, fiz muito REIKI para todo o meu processo, no meu peito, na prótese de silicone, sempre visualizando muita energia verde no meu peito

A hora chegou: "Conheci"meu médico do explante DR. William Itikawa em um programa de podcast chamado: O que te importa! Fui atrás dele no dia seguinte.


O EXPLANTE

Cheguei decidida

Única preocupação: sobreviver a cirurgia (risos de nervoso!) com saúde

Não optei por correção: eu só queria retirar com segurança as minhas próteses e voltar a viver

A cirurgia foi super tranquila, acordei da anestesia muito rápido, me sentia bem, feliz e muito acolhida e protegida

Fiquei com dreno apenas 2 dias - essa fase é bem chata, mas passa rápido

Precisei de apenas 2 sessões de massagens de drenagem


PÓS-EXPLANTE

Eu tive TOTAL APOIO da minha família nesse processo: Pai, Mãe, Irmã e meu Marido que ficou 100% disponível, acredito que essa seja a parte principal da minha recuperação.

Primeiros 20 dias foram bem difíceis pra mim, devido a eu ter uma constituição mais sensível

Tomei apenas 4 dias de dipirona para dor

7 dias de antibióticos

Continuei com os meus cuidados e tratamento natural

Em 4 dias já estava fazendo minhas práticas respiratórias do yoga

Em 7 dias já estava fazendo caminhadas (4KM)

15 dias já percebi 100% de melhora nos meu olhos

20 dias já estava nas práticas corporais do yoga

Em 30 dias não apresentava mais dores acentuadas (aquelas que corriam no corpo)

No primeiro ciclo menstrual já não apresentei mais cólicas menstruais - e sigo assim

Em 40 dias voltei a praticar pilates

Estou em processo de "desintoxicação" para a melhoria do funcionamento do meu intestino, foi a única condição que senti acentuar ao passo que todas as outras foram embora totalmente.


SOU MUITO GRATA POR TUDO!



SE ACHA QUE PODE AJUDAR ALGUMA MULHER EM SUA VIDA, POR GENTILEZA, COMPARTILHE. ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS E GRUPO DE APOIO EU DESCOBRI QUE ESTAVA ADOECENDO E AO MESMO TEMPO ENCONTREI FORÇAS PARA ME CURAR.





70 visualizações

Agendamentos:

41. 9 9852 14 50 

Curitiba - Paraná - Brasil

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social

© 2018 by Talita Camargo created with Wix.com